Chio-chan no Tsuugakuro


Tópico em 'Temporada em Andamento' criado por Best em 25/07/2018, 00:32.
Avaliação do Tópico:
  • 0 Votos - 0 Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
0 votos
4 respostas neste tópico
 #1
[Imagem: lHpZu3K.png]

Ficha técnica:

Título: Chio-chan no Tsuugakuro
Título alternativo: Sinônimo: Chio's School Road | Japonês: ちおちゃんの通学路 | Abreviatura: -
Formato: Série de TV
Gênero: Comédia, Seinen (segundo MAL)
Obra original: Mangá
Estúdio: Diomedea (Campione!; KanColle)
Diretor: Inagaki, Takayuki (Muv-Luv Alternative: Total Eclipse; Kuusen Madoushi Kouhosei no Kyoukan)
Data de estréia: 06/07/2018
Previsão do número de episódios: 12
Maiores informações: [Wikipedia (EN) | Wikipedia (PT) | MyAnimeList | AnimeNewsNetwork | AniList]

Sinopse MAL:  This is a story of a nerdy bookworm girl on her way to school, and yes, that's the entire premise, as she's not getting to school any time soon. Taking her "usual" route to school, it becomes an increasingly unusual adventure, and all the more ridiculous as it carries on. It takes an unpleasant sentiment many can empathize with, the feeling of tardiness, and brings humor to it—making it a hilarious situation to look back upon.
Responder
 #2
PRIMEIRAS IMPRESSÕES: CHIO-CHAN NO TSUUGAKURO 1~3

Esse é o animê mais idiota e mais vergonhoso que eu vi nos últimos tempos. E justamente por isso, ele é sensacional.

Se fosse para definir Chio's School Road em uma só frase, seria "eu mesmo". Apesar de todos os absurdos e da enorme falta de seriedade em qualquer coisa (que já falo sobre), a maior qualidade da série é ser extremamente relatável e te conquistar por proximidade e intimidade.

Mas calma, vamos primeiro conhecer o que estamos lidando. A obra vem de um mangá, com autoria de um cara que é conhecido por... Desenhar Hentais: Tadataka Kawasaki (eu sei que vocês iam perguntar). A única obra que não precisa de faixas de censura dele é justamente essa, e isso já diz muito mais do que precisávamos saber sobre o assunto...

Voltando ao que importa, que é o animê em questão... O show promete ser algo extremamente simples: Uma garota indo pra escola. O que poderia dar errado? Simplesmente por conhecermos a mídia em que estamos, a única resposta possível é "tudo".
As coisas sempre dão errado, o tempo todo. Mas a melhor parte é que são pequenas coisas, acontecimentos do dia-a-dia que você, eu e todos nós passamos também. A diferença é que a Chio faz tudo que nós sempre sonhamos e nunca pudemos (ou melhor, nunca tivemos a coragem de) fazer. Isso torna esses pequenos imprevistos em cenas de repercussão astronômica, que por beirar a insanidade, acabam cruzando a linha do cômico.

Não só os acontecimentos como as personagens tem o seu humor próprio. Começamos de garotas terríveis cientes de sua própria maldade, passamos por lésbicas psicopatas, e chegamos até ex-membros de gangue em recuperação. O elenco é tão diverso que é impossível não gerar uma situação cômica pelo simples encontro dessas figuras.

Claro, não é um show para qualquer um. É preciso gostar de absurdo e ser aquele tipo de pessoa que morre de rir com uma foto de um atum. Também existem algumas barreiras culturais, com piadas que fazem mais sentido em japonês e/ou para a cultura oriental (Você sabe como é o corte ideal de um Atum inteiro? Pois eu também não sabia). Mesmo assim, ainda há algum aproveitamento para todos, basta desligar seu cérebro e se divertir por alguns minutos. Ou só assistir, se você for como eu que já está com o cérebro desligado há alguns anos.
De verdade, a obra me conquistou desde o primeiro episódio, mas pode demorar um pouco mais para cair no gosto de pessoas menos imbecis que eu. Se o começo não te prender, dê uma chance para o segundo.

Na parte técnica, o estúdio Diomedea está cuidando da animação, que está ótima e propositalmente simples, para realçar todos os efeitos necessários; A música é essencial, com uma OST adequada para a obra (simples, mas absurda), abertura e encerramento de excelente nível, e efeitos sonoros dignos de vídeo-cassetadas do Faustão (e isso é um elogio!); Uma dublagem perfeita, com a protagonista Chio (CV: Naomi Oozora) tendo a voz ideal para as ações que ela toma...
Resumindo, é uma baita duma produção, dentro de seus méritos.

O comedômetro quebrou e foi substituído por outro, mas as notas continuam: 8/10 é mais do que merecido e Chio's School Road tem um futuro brilhante pela frente.
Responder
 #3
carteiro's school road 4

a vai se fuder esse anime é mto bom kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

a parte do cigarro foi hilária mas oq me fez rir mais ainda foi saber que TUDO foi só a construção pra punchline do final e sinceramente? Eu me senti usado mas adorei do mesmo jeito.

mas acho que o ex-membro de gangue é o meu personagem favorito, vai se ferrar mano o cara tá entregando jornais KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

aiai eu amo esse anime
Responder
 #4
chio's banheiro road 5

ah mano pára veikkkkkkkkkkkkkkk

eu não tenho ar pra tanta risada assim vai se fudeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee[

o banheiro foi genial mas putz, eu simplesmente PERDI COMPLETAMENTE OS LADOS com a dança da amizade JESUS AMADO DO CÉU
"vamos ter q fazer aquilo..."
"aquilo..? você tá louca nós vamos morrer!"
"não temos escolha"
*dança*

AH VEEEEEEEEEEEEEEI LMSDFDFAIJBVABDVGKJSDOKJFHSDKÇJKJDKJBDS
Responder
 #5
Chio's dedo no cu e gritaria road 6 e 7

vai se fudeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeer esse anime puta merda
EU PERDI COMPLETAMENTE OS LADOS COM ESSES EPISÓDIOS

não tem uma cena desperdiçada nisso mano, TUDO, absolutamente TUDO é mote pra piada, puta que pariu.

Eu amo esse anime e vou protegelo com todas as minhas forças
embora saiba q é um tipo de humor retardado e levemente negro que alguns podem achar sem graça ou até ofensivo.

não ligo, adoro
Responder

Usuários visualizando este tópico: 1 Visitantes